Por que criar um ecossistemas de apps é importante para suas aulas

(Português do Brasil) Por que criar um ecossistemas de apps para suas aulas é importante

*por Antonio Ferro

Iniciar o trabalho com apps em sala sempre levanta discussões entre professores sobre quais, então, são os melhores aplicativos para utilizar e, principalmente, como aplica-los em sala. Essas discussões sinalizam um ponto que as escolas devem refletir profundamente: a documentação pedagógica! Na maioria das instituições, esse termo vem associado ao preenchimento de formulários ou uma listagem de conteúdos a serem trabalhados ao longo do ano, deixando de lado o registro das práticas em sala e os detalhes importantes que serviriam de base para evolução do projeto político pedagógico da escola.

Com o uso de apps em sala, esse registro se faz necessário e a criação de um ecossistema de aplicado pela comunidade escolar pode ser o ponto de partida para esta nova postura. Com a criação desse ecossistema, a instituição teria um ambiente em que a aprendizagem e as práticas docentes seriam socializadas e a evolução do projeto seria mais natural.

Outro ponto a favor da criação deste ecossistema de apps refere-se ao trabalho para o desenvolvimento da autonomia dos alunos, ponto presente em todos os projetos pedagógicos das escolas comprometidas com o ensino para o século XXI. Isso porque aplicativos ajudam a colocar os alunos em lugares de protagonismo de seu processo de ensino aprendizagem.

Neste contexto, é importante que exista uma plataforma na escola para garantir esse ecossistema dentro do projeto. Dada a diversidade de aplicativos existentes hoje, a experiência em sala pode ser prejudicada pela entrada de apps sem a avaliação e a autorização da equipe de tecnologia educacional da escola, na medida em que podem interferir negativamente nas atividades já planejadas (provocando distrações, por exemplo). A nova plataforma Mosyle Manager é interessante para a gestão desse ecossistema, pois possibilita que os professores definam aplicativos de estudo para cada disciplina. Com isso, os alunos não se perdem no mar de aplicativos, nem se distraem com outros apps durante a aula.

O maior benefício da criação de um ecossistema de apps é a diversificação das estratégias de ensino em sala e as possibilidades de feedback para os professores sobre a evolução da aprendizagem dos alunos. Através da utilização de um ecossistema organizado de apps, o sucesso do projeto digital da escola será maior!

Assinatura Antonio Ferro*Antonio Ferro é professor de Física há 15 anos nas redes pública e privada e foi reconhecido pelo programa Apple Distinguished Educators (ADEs). É especializado em ensino de astronomia, já participou de eventos internacionais sobre educação como o ISTE e a Escola de Física do CERN e atua também como consultor.

Read More

4 passos para planejar boas aulas com tecnologia educacional em 2016

4 steps for planning quality educational technology lessons in 2016

*by Antonio Ferro

The beginning of a new semester presents a time to reflect on how we can adjust and/or update classroom lessons to better serve our students. Undoubtedly, the first step is to not repeat the lessons and procedures of the previous year or semester. During this time of reflection, search for ways to innovate former lessons, plans, and activities. The question now becomes, how to do this? In this post I’ll give you tips for evaluating previous lessons to start planning and innovating for the new semester and New Year.

(more…)

Read More