O que é MDM e como essa solução ajuda as escolas que usam tablets

O que é MDM e como ele ajuda as escolas que usam tablets?

Com a introdução dos tablets nas instituições de ensino brasileiras, a sigla MDM está surgindo mais frequentemente para gestores e profissionais de TI das escolas.

Como o termo é novo, nem sempre há clareza sobre como ele pode de fato ajudar as escolas a implantarem Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) como os tablets.

Por isso, vamos ajudá-lo a entender o que é o MDM, como ele funciona e pode facilitar a rotina de professores, gestores e profissionais de tecnologia da informação e de tecnologia educacional.

O que é MDM?

MDM é a sigla em inglês para Mobile Device Management. Traduzida para o português, o conceito mais próximo é o de Gerenciamento Remoto de Dispositivos Móveis.

Isso porque o MDM permite que seja feita a gestão remotamente, ou seja, não é preciso estar com o equipamento em mãos para alterar configurações, por exemplo – o que é ótimo quando pensamos em configurar muitas unidades de tablets.

ebook-byod
eBook: Como funciona projeto BYOD nas escolas?

Onde o MDM é mais utilizado?

O MDM já é uma solução muito utilizada por empresas para gerenciar os dispositivos dos funcionários, já que muitas corporações utilizam um modelo chamado BYOD (Bring Your Own Device ou Traga seu próprio dispositivo).

Com esse formato de uso de tecnologia, as empresas começaram a encorajar os colaboradores a trazerem seus próprios equipamentos para o ambiente de trabalho, mas era necessário gerenciar todos eles – tornando as informações da empresa seguras, mas também mantendo a privacidade dos funcionários.

E o MDM na escola?

Com a atenção voltada para a utilização das TICs e dos tablets, as escolas também passaram a procurar um jeito de gerenciar todos esses equipamentos de maneira fácil.

O problema é que muitos MDMs foram feitos exclusivamente para o universo corporativo e muitas escolas passaram a enfrentar desafios para a integração efetiva da tecnologia na rotina escolar.

Mais recentemente, os provedores de MDM passaram a desenvolver softwares e aplicativos cuja interface é desenhada para as necessidades escolares.

Assim, fica mais fácil introduzir os dispositivos móveis no ambiente educacional com segurança. E principalmente, a escola consegue assegurar que eles sejam utilizados corretamente.

Corretamente? Sim! O MDM consegue garantir que os alunos estejam utilizando as TICs em favor da aprendizagem – ajudando os professores a diminuírem a distração que pode acontecer quando os alunos estão com os tablets nas mãos.

Quais são os benefícios do MDM para as escolas?

Bom, já citamos que o MDM é um poderoso aliado em diminuir a distração dos alunos. Mas como é possível fazer isso?

Com um MDM centrado no professor, é possível orientar o aluno para um aplicativo único ou bloquear momentaneamente o equipamento, chamando a atenção do aluno.

Outro grande benefício do MDM é realizar configurações em massa e à distância. O pessoal da TI não precisa fazer tudo manualmente.

Tarefas como fazer as configurações básicas, instalar aplicativos e acompanhar detalhes do dispositivo (como nível de bateria, conexão com a Internet, versão do sistema operacional e localização) ficam muito mais fáceis quando não precisamos pegar um a um nas mãos. Imagine fazer isso com 2 mil tablets?

E bom, o gestor ou mantenedor consegue acompanhar como está a utilização desses equipamentos na escola. Isso o ajuda a garantir que o alto investimento em equipamentos está realmente gerando impacto na aprendizagem: professores conseguem incorporar os tablets nas aulas, o TI otimiza seu tempo e a TE tem ferramentas poderosas para apoiar os professores.

Se tiver mais dúvidas sobre como MDM pode ajudar escolas, mande uma mensagem para o email conexao@mosyle.com para falar com um dos nossos consultores.

*Colaboraram Leoni Pereira e Virgginia Laborão